quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Capitulo 19

Finalmente tinha com que me entreter, assim que cheguei ao jardim da universidade, Amanda esperava-me.

- Olá querida! Então pronta para o inicio da tua vida académica?

- Claro que sim, estava ansiosa por este dia - respondi animada

- Fico contente por ouvir isso... agora vou-te acompanhar à tua sala - respondeu

- Não é preciso, eu dou com ela sozinha, obrigado na mesma - esbocei um sorriso

- Então está bem, eu também já estou um bocado atrasada, mas ao primeiro intervalo esperas por mim à porta para ir-mos ao bar, pode ser?

Queria dizer que não, que não me apetecia estar com ninguém, somente sozinha para pensar numa solução para a minha vida, mas isso também não era ter uma, eu era jovem, bonita, atraente e tinha um longo percurso pela frente...

- Pode sim, nem estava à espera de outro convite!

- Até logo - disse

- Até logo - respondeu Amanda.

Foi fácil encontrar a sala, a universidade estava bem sinalizada e uma pergunta aqui, outra ali e cheguei ao destino.

A aula resumia-se a informar os alunos de toda a metodologia das aulas tanto práticas, como teóricas. fiquei entusiasmada com a notícias de que teríamos oportunidade de fazer um pequeno estágio, de exactamente 2 dias na instituição que quiséssemos, apenas teríamos de tratar da papelada e apenas avisar a escola de qual seria a escolhida.

A Aula passou rápido e como combinado, lá estava a Amanda à porta da sala à minha espera para irmos ao bar. Apresentou-me imensa gente e o grupo que se juntou na minha mesa era enorme e divertido, mas apenas teria aquela aula e a vontade de ir para casa, procurar instituições conceituadas que possa estagiar nem que seja só por dois dias era bastante grande. Além do mais. hoje saíria a lista de admitidos na escola que inscrevi a Camila e essa espera deixava-me nervosa. Despedí-me do pessoal e fui a voar para casa.

Em menos de 20 minutos já estava deitada no sofá com o computador ao colo. Assim que encontrei a lista de admitidos, avistei logo o nome que queria CAMILA. Era a primeira da lista o que lhe dava beneficios, entrando directamente na faculdade sem necessitar provas nem portefólio de ingresso. Fiquei felicissima e vê-la entrar em casa era o acto que eu mais desejava naquele momento. Poder ver a cara dela feliz era o que eu adorava ver.

Ainda faltava uma hora para ela regressar, então resolvi saír de casa à esplanada mais próxima tomar algo fresco para matar aquele calor insuportável. A 100 metros da esplanada situa-se uma papelaria, onde me despertou a atenção num jornal que estava exposto : ''Rodrigo na intimidade'', era a tal entrevista que tinha visto no dia anterior, por curiosidade, resolvi comprar.

Sem comentários:

Enviar um comentário