quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Capítulo 52 - Visão da Amanda

Saí extremamente sexy, sentia-me confiante, mas também achei que, se calhar, seria exagerado, mas já estava vestida e sentia-me bem nela.

Assim que desci o prédio, estava à porta o Diego. Os olhos deles quando me viram ficaram arregalados e brilhantes, notei de imediato que tinha gostado do que via.

Cumprimentei-o com dos beijos e dirigismo-nos para o seu carro que estava estacionado mesmo em frente à porta.

Falámos de tudo um pouco, desde o meu curso, de mim e da minha recente mudança para a casa da Leire.

- Aonde me levas? - perguntei

- É surpresa. - Riu, porque pelo pouco que me conhecia sabia que eu era curiosa.

- Nem podes desvendar um bocadinho?

- Só posso dizer que vens vestida para a ocasião.

- Menos mal, pelo menos isso..

Chegámos ao restaurante, era lindo, simples e aconchegador. Nunca pensei que ele frequentasse esse tipo de sítios, mas na verdade que preferia um restaurante assim que um fino.

Restaurante

Pedimos uma sobremesa gigante e dividimos pelos dois, tinha super bom aspecto.

Sobremesa da Amanda e Diego


- Eu nasci e cresci numa familia humilde, tive as minhas dificuldades, mas graças a Deus hoje em dia estou estável economicamente falando. Apesar de ser uma figura conhecida sou humilde e não sou nada de grandes voos e acima de tudo, gosto de comer bem.

- Surpreendeste-me e sinceramente se me levasses a um restaurante mais fino não me sentia à vontade.

Aproveitámos o jantar para nos conhecer-mos melhor. Foi uma noite agradável e serviu para ver que o Diego era um homem com um grande coração e que certamente poderia ser o homem perfeito para mim, sincero, amigo e acima de tudo compreensivo.

- Então pronta para a 2ª parte?

- 2ª Parte?

- Sim, surpresa parte II

- Se for tão agradável como a primeira parte, que venha ela.

Levantámo-nos e ele foi pagar. Enquanto eu fui à casa-de-banho ele foi buscar o carro e esperou-me à porta. Ví-me ao espelho, retoquei a maquilhagem e sai.

Saí, ele estava à porta e lá fomos nós para o sitio misterioso.

Tínhamos chegado ao cinema, ao lugar do convite, mas como não tinha referido a parte de irmos comer um gelado, já não tinha a certeza do programa.

Chegámos ao cinema e como cavalheiro que ele é, deixou-me escolher o filme.

- Pode ser qualquer um? - Perguntei.

- Claro, é o que tu quiseres - respondeu

- Então, escolho o Madagáscar 3 - ri

Filme que A Amanda e o Diego assistiram - Madagáscar 3

- De certeza que me queres levar a ver bonecos animados?

- Não sou eu a escolher? E a pagar e não quero reclamações... Pipocas? - perguntei

- Sim, doces e balde médio.

- Então vou pedir um grande e dividimos, que dizes?

- Acho óptimo

Fui comprar os bilhetes e as pipocas e por sorte conseguirmos para a sessão que estava a começar.

O filme foi divertidissimo  Lembro que no meio do filme, mais precisamente no intervalo, as pessoas da sala (que não eram muitas) saíram e apenas ficamos os dois à conversa. Se ele segurou-me a mão e disse-me o quanto eu era especial para ele, fiquei sem resposta, apenas consegui reagir uns segundos depois afirmando que ele também o era para mim. Acariciou-me o rosto e parou quando as primeiras pessoas regressavam para a 2ª parte do filme.

Vimos o resto do filme e quando acabou ainda estávamos a rir.

- Mesmo assim, estás aprovada no filme, foi bom e divertido - disse

- Mas ainda dúvidas? tudo o que eu escolho é bom - segui o mesmo tom

- Não duvido nada, porque a roupa que trazes, foi muito bem escolhida, estás linda!

- Foi a Leire que escolheu - Gozei

- Não interessa, fica-te bem.

Dirigimos-nos para o carro com direcção a casa, muita conversa e uma noite que me fez ver que, se calhar, uma oportunidade ao Diego não seria má ideia, mas para já esperaria para ver o que acontece e para o conhecer melhor.

Chegámos a casa e o Diego fez questão de me acompanhar até à porta. Apenas queria terminar com uma ''boa noite'' e dois beijos, mas não... o Diego evitou a minha entrada no prédio segurando-me no braço e beijando-me sem me deixar reagir. Não esperava essa atitude dele, nem me disse nada saiu disparado  entrou no carro e foi embora.

Momento em que o Diego rouba beijo à Amanda

Demorei uns 5 minutos para voltar a reagir.

O que foi aquilo?

Peguei no telemóvel e enviei uma mensagem a ele.

'' O que se passou? Porque saíste assim? Não percebi nada!', Beijos, Amanda''

Subi e estava tudo escuro, calculei que a Leire já estivesse a dormir, fechei a porta o mais devagar que consegui e encostei me à mesma e dei por mim a sorrir. Estava na cara que tinha gostado e ele? Ok que teve a iniciativa, mas porque fugiu?

Fui directa à cozinha e pus um copo de leite a aquecer no microondas, enquanto aquecia fui até ao meu quarto, recém decorado, buscar o pijama e levá-lo até à casa de banho, aproveitando para fazer a minha higiene intima e desmaquilhar.

Pijama da Amanda

Bebi o leite e quando voltei para o meu quarto com a intenção de ir dormir recebo uma mensagem, como previa era o Diego.

''Desculpa foi mais forte do que eu e tive medo da tua reacção, sei que abusei mas, como disse, foi mais forte do que eu, compreendo se ficaste chateada, beijo, Diego''

Apenas lhe respondi.

''Amanhã falamos'' - Estava a adorar fazer-me de ofendida quando na realidade queria mais.

Tirei o som do telefone e fui dormir.

1 comentário:

  1. fantastico...

    quero mais... tou super curiosa para ver o proximo...

    continua...

    ResponderEliminar